STF: exigência de concurso público pelas entidades do sistema S

Ao decidir questão de repercussão geral, representada por recurso extraordinário interposto contra acórdão do Tribunal Superior do Trabalho que concluíra pela desnecessidade de realização de concurso público pelo SEST, o STF fixou entendimentos relevantes a respeito da natureza jurídica das entidades do chamado sistema S (serviço social autônomo). As principais implicações dessa decisão são examinadas no artigo elaborado por André Guskow Cardoso.

São Paulo
Jardim Botânico