A importância da boa-fé nos contratos de seguro

Em razão da sua função econômica de pulverização de riscos, o contrato de seguro é considerado contrato no qual a boa-fé se aplica em nível máximo, no sentido de que sua a ausência pode causar até mesmo a invalidade do contrato. Leia as breves considerações de Diego Franzoni a respeito do tema.

São Paulo
Jardim Botânico